Retrocesso: circulação de ciclistas no calçadão da Avenida Litorânea é proibida pela Sinfra

A medida visa garantir a segurança dos pedestres no calçadão.

A circulação de ciclistas no trecho próximo à faixa de areia do calçadão da Avenida Litorânea, em São Luís, foi recentemente proibida pela Secretaria de Infraestrutura do Maranhão (Sinfra).

A medida, baseada no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), visa garantir a segurança dos pedestres no calçadão.

Apesar disso, ciclistas que frequentam a área diariamente expressaram descontentamento, alegando surpresa com a decisão.

A Sinfra instalou sinais de proibição ao longo da ciclovia de 6 km, e a restrição também se estende a outras avenidas da cidade, como a São Luís Rei de França, no bairro Turu, onde a ciclofaixa foi removida devido a uma obra da Prefeitura.

A falta de sinalização e a remoção de ciclovias são apontadas como problemas que afetam a mobilidade urbana na capital maranhense.

De acordo com a Associação Brasileira do Setor de Bicicletas, São Luís possui apenas 40 km de vias destinadas a ciclistas, sendo a quarta capital com menor extensão sinalizada no país.

Esta situação coloca a cidade atrás de Macapá (AP), com 18 km, Porto Velho (RO), com 23,53 km, e Manaus (AM), com 26,15 km de ciclovias.

Nos últimos seis meses, a ocorrência de três acidentes fatais envolvendo ciclistas em avenidas de São Luís destaca um sério problema de mobilidade urbana na cidade, evidenciando a necessidade de mais infraestrutura cicloviária para garantir a segurança dos usuários, a decisão tem sido vista como um retrocesso na garantia de direitos aos ciclistas.

Alex filósofo

Jornalista (DRT: 2255/MA) Professor e amante da Filosofia, Empresário, Blogueiro, graduando em Marketing Digital e Ativista Social e Cultural. Com uma formação intelectual lastreada no pensamentos de grandes nomes da filosofia e da política, a crítica é sempre desafiadora e esclarecedora..